As práticas que usamos (e dão certo conosco) para viajar com gêmeos

Gostaria de postar com maior frequência, mas mães de gêmeos que não têm empregada e nem babá, que trabalham fora, administram a casa e ainda por cima cuidam do marido e do filho mais velho não têm tanto tempo assim.

Mas lá vamos nós de novo, motivada com os 1000 acessos em apenas algumas semanas de existência!!

Resolvi fazer este post para relatar algumas práticas nossas que funcionam para os pais que viajam com gêmeos ou que gostariam de viajar mas ainda não tiveram coragem. Basta a gente achar uma promoção de cia aérea ou de milhagem que a gente já topa tudo.

Em TODAS as nossas viagens, encontramos alguém (ou várias pessoas) que estão viajando com um filho e que nos dizem: nossa, viajar com um dá trabalho, imagine com 2!!

O fato é que somos muito práticos (e temos que ser mesmo, senão iriamos enlouquecer!!).

Quando viajamos para o exterior, nos limitamos a levar duas malas para 5 pessoas. Falo das malas médias, cada uma com no máximo 23 kg. Isso facilita a nossa movimentação interna, pois muitas vezes compro trechos fora da passagem internacional. Outro motivo é que em todos os lugares que fomos fora do Brasil até agora, encontramos lavanderias tipo self-servisse, que lavam e secam a roupa rapidinho. Então, nosso cálculo é de roupas para apenas 3 ou 4 dias para cada um e pronto. Sapatos, apenas 1 par para cada um. Se estragar?? Compra lá!

Com relação a lata de leite, levamos apenas 1. Fraldas, somente para 2 dias. Deixamos para comprar no destino. Mas aí alguns vão nos perguntar: o leite, a papinha, não são diferentes lá fora? São, mas nunca tivemos problemas dos meninos não aceitarem. Aconteceu apenas uma vez que eu comprei um leite achocolatado em Miami e Fernando teve uma baita alergia no avião, ficou todo empolado. Mas eu viajo sempre com um mini kit socorro mãe de gêmeos, com um antifebril, um antialérgico, algo para enjoo, remédio para diarreia e termômetro.  E aí o kit serviu muito.

Quanto aos hotéis, acho que este é um item mais complicado para pais de gêmeos….. Gosto muito de reservar pela internet, mas raramente há disponibilidade de quarto família. Até hoje os meninos dormem em camas ou em berços e aí  o que fazemos é entrar em contato com os hotéis antes de efetuarmos a reserva. Tivemos sucesso em vários casos. Inclusive, tentamos em alguns casos fazer a reserva com operadora por aqui, mas tiveram o mesmo problema e nós entramos diretamente em contato e resolvemos tudo. Já reclamei até com o booking.com, mas a maioria dos hotéis informa apenas que tem disponibilidade para 1 berço grátis. E o outro????

Começamos também de lugares mais pertos para lugares mais distantes. Primeiro Campina Grande, depois Salvador, Petrolina, Rio de Janeiro, Europa, Eua… Assim a gente testou como seria o comportamento (nosso e deles) nas viagens.

Item importantíssimo – carrinho de gêmeos!!! Desde cedo acostumamos os meninos a ficarem no carrinho enquanto passeamos. Até porque muitas vezes eu ou marido saímos sozinhos com os 2, e aí fica muito mais fácil administrar a ida a um supermercado ou a um shopping. O nosso primeiro carrinho foi um Maclaren Twin Techno (http://www.shopmaclarenbaby.com/Twin-Techno/MV000069,default,pd.html). Apesar de ser um carrinho pesado, é muito bom para crianças menores, pois tem 5 níveis de descida e é muito resistente.

No entanto, depois que passamos 22 dias viajando pela Alemanha, Bélgica e Portugal, os meninos ficaram meio abusados do carrinho e na viagem seguinte, para Orlando, resolvemos comprar um da Jeep(http://www.jeepworld.com/merchandise/jeepstrollers/jeeptwinstroller.htm).  O preço é 1/3 do da Maclaren e pensamos que seria descartável. Mas, para nossa surpresa, o carrinho também tem aguentado bem o tranco e o levamos para todas as viagens e passeios corriqueiros. A vantagem é que é bem leve e muito fácil de abrir e fechar.

Outra prática que temos é: não ter medo!!! Quanto olhamos para trás e pensamos nas nossas viagens passadas, muitas vezes nem acreditamos que tivemos tanta coragem! E daí que os meninos cada vez mais estão acostumados com estas viagens e o medo vai diminuindo.

Então, que tal pensar na sua próxima ou primeira viagem com os seus gêmeos??

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *